A Hospedeira(livro)

02/01/2012 16:57

Postado por: Brunna Carolinne

Nosso mundo foi invadido e dominado por seres que extraem nossa mente e a partir daí passam a viver em nosso corpo como se fosse deles. No início, esses invasores têm que saber controlar as emoções e as memórias dos "antigos habitantes". A maior parte da humanidade passou por esse processo, os poucos que restaram vivem escondidos.

Peregrina, uma das invasoras, se apossa do corpo de Melaine, mas esta resiste  ao processo e a todo momento imunda a mente de Peregrina com lembranças de Jared, o homem que ela ama e que vive escondido. Peregrina começa a se sentir atraída por ele também. Como um homem pode ser tão bonito e cuidadoso? Então ela vai em busca do escondeirijo dele.

A maior parte da estória se passa com ela lá, vivendo entre os outros humanos que estão resistindo à ocupação. No início eles não confiam nela(eles sabem que ela é uma invasora), mas com o tempo, percebem que ela não foi ali para causar algum mal.

Depois de certo tempo, Peregrina faz amigos lá e eles sabem que Melanie está "viva" na cabeça dela. Peg, como começou a ser chamada, se aproxima um pouco de Jared, apesar de ele, no início, não querer nem ouvir falar nela.

Há Ian também, um garoto muito bacana que eu me identifiquei logo que ele apareceu. Ele começa a gostar de Peregrina, mas ela gosta de Jared e este gosta de Melanie.

Peregrina vai viver para sempre entre os humanos? A Terra vai mesmo continuar sendo habitada por esse seres? Eles vão descobrir o escondeirijo de  Jared e dos outros que vivem lá? Essas e muitas outras perguntas surgem na nossa cabeça enquanto estamos lendo o livro.

Stephenie não poderia ter pensado em um final melhor, é muito lindo, o livro inteiro é belo(não é à toa que vai virar filme). Ela nos descreve tão bem as coisas que não tem como não nos envolvermos com a estória. O início é um pouco chato, sem ação, mas depois melhora(e muito). Vale a pena ler.

"Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo.

Quando Melanie, um dos humanos “selvagens” que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a “alma” invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente.

Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por aquele humano, a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam."

Comentários

Amei a resenha!

Juliana . Oliveira | 02/01/2012

Bom primeiramente queria te parabenizar pelo blog e pela resenha que foi muito bem escrita.
Conheci o blog através de um recado no skoob e adorei! Mesmo!
Estou bem ansiosa para ler este livros, pois a história me parece ser bem diferente e inovadora e gosto de histórias assim que me surpreendem.
Parabéns!
Um beijo .*

Juliana . Oliveira
http://linhasdeencanto.blogspot.com/

Novo comentário